Resultado de Fevereiro de 2019

INDICADORES RT
Rentabilidade em Fevereiro de 2019: + 0,27%
Rentabilidade anual: + 5,88%
Rentabilidade histórica (desde agosto de 2016): + 43,21%
Proventos recebidos no mês: R$ 636,28
Taxa de poupança do mês: 50%
Estou sentindo a crise. Este fevereiro foi o pior mês em comparação a quando comecei a trabalhar. Essa alta taxa de poupança se deve mais a um controle espartano de gastos do que uma receita muito elevada.
Em fevereiro, promovi mudanças na carteira:
  • Venda da minha posição de PRÉ-FIXADO 2021, com lucro de 6,50% em seis meses de investimento. Isso ajudou a segurar a carteira no positivo, a despeito da queda da bolsa.
  • Exercício do direito de preferência na nova emissão do FII GGRC11.
  • Compra do FII XPML11 da terceira emissão (aqui não consegui o lote mínimo, infelizmente).
As minhas Inflação-35 e Inflação-50 mantenho em carteira. Têm uma margem de gordura boa para o caso do Banco Central reduzir mais o juro.
Seguindo o ensinamento do AA40, vou escrever a minha Política de Investimento Pessoal. Creio que ela dará mais resiliência ao meu ser quando a crise apertar e tudo despencar.
No quesito leitura, ainda não terminei A Revolução Voegeliniana, do Ellis Sandoz. Mas não foi por preguiça, e sim porque atravessei a leitura do manual de introdução à ciência política do Adriano Gianturco: A Ciência da Política, uma introdução.
Estranhei a estruturação do texto, bem manualesco em tópicos. Contudo, a qualidade técnica é boa e gostei da clareza da escrita do autor. Ademais, é sempre prazeroso ler algo que foge do meu conforto de formação (direito).
Que março seja melhor que fevereiro. Abraço a todos!

Comentários